18 de Jun de 2018

Conheça experiências educacionais inovadoras nos 32 países que disputam a Copa do Mundo

Conheça experiências educacionais inovadoras nos 32 países que disputam a Copa do Mundo

Após consultar nosso site InnoveEdu.org e parceiros internacionais, apresentamos uma seleção de escolas, projetos e instituições de ensino que promovem a inovação

Rússia
Equal Opportunities
O Equal Opportunities é um programa que incentiva a colaboração entre estudantes, professores e escolas para o desenvolvimento de projetos conectados com sua comunidade.

Uruguai
Liceu Jubilar
Escola com administração privada, mas gratuita, localizada em uma região pobre de Montevidéu. A inovação está baseada na inclusão de todos os membros de sua comunidade, o que resultou em índices de reprovação e evasão perto de zero.

Egito
Nafham
Nafham é uma plataforma de vídeos gratuita destinada a estudantes do ensino médio com conteúdo enviado pelo público e revisado por professores. O site recebe cerca de 500.000 visitantes mensalmente.

Arábia Saudita
Ithra Youth Initiative
Projeto oferece programas de educação com foco em criatividade, disciplinas de ciências, atividades mão na massa, aprendizagem inspiradora, construção da personalidade, escolha do caminho acadêmico e profissional e aprendizagem ao longo da vida.

Espanha
Projeto de Educação da Cidade Velha
Em Barcelona, conhecida por ser a primeira cidade do mundo a se declarar educadora, representantes de organizações educativas, da iniciativa privada, da sociedade e do poder público do distrito de Ciutat Vella se uniram para criar um plano para desenvolver a educação na região.

Portugal
Complexo Escolar dos Arcos
Na escola, todo o prédio é voltado para permitir à criança explorar a criatividade e descobrir seus talentos em escrita, arte, dança, audiovisual.

Irã
Township of Alphabet
Township of Alphabet (Cidade do Alfabeto) é o nome do programa de TV que combina jogos e músicas para crianças criado pelo professor de ensino fundamental Ferdos Hajian, um dos finalistas do prêmio Global Teacher Prize de 2017.

Marrocos
School Business Partnerships
O programa School Business Partnerships oferece às empresas a possibilidade de se aproximar das escolas, a fim de apoiar o sistema educacional onde a ajuda é mais necessária. As empresas podem adotar uma escola e, assim, melhorar a infraestrutura, a gestão e o acesso ao material didático.

França
Collège Clisthène
A escola pública de ensino fundamental localizada na cidade de Bordeaux aposta na diversificação pedagógica para despertar o interesse e a motivação dos alunos. Luta contra evasão ao proporcionar uma prevenção da violência e a responsabilização progressiva da comunidade escolar. Respeita os ritmos pedagógicos e biológicos dos alunos, alterando horários de aula para quando eles estão mais produtivos.

Peru
Innova Schools
Localizada na capital Lima, a escola teve o projeto feito pela empresa de design IDEO. Consultores estudaram a cultura local e desenharam não somente a infraestrutura, como também a metodologia inovadora de ensino e o modelo de negócio da instituição, que busca desenvolver a autoaprendizagem.

Dinamarca
Kaospilot
A Kaospilot é uma escola internacional de empreendedorismo, criatividade e inovação social que propõe uma formação de 3 anos, na qual os alunos, a maioria com 24 anos, se tornam profissionais protagonistas do seu próprio aprendizado e estudos de caso são completamente substituídos por projetos reais com clientes de verdade.

Austrália
Wooranna Park
Em Wooranna Park, os alunos devem se responsabilizar pelo próprio aprendizado, desenvolvendo tarefas autênticas, que envolvam a resolução de problemas e estudando em colaboração com colegas. Eles podem negociar seu currículo escolar e se dedicar a paixões pessoais, tratando de temas relevantes e atuais em projetos interdisciplinares. Os professores atuam como facilitadores.

Argentina
Cidade de Rosário
A cidade promove mudanças urbanísticas desde 1996 para tornar os espaços públicos mais propensos à convivência. Criou locais para promover a educação, a cultura e saúde, com o incentivo ao uso de bicicletas, à diversidade sexual e ao protagonismo infantil. Os programas e ações voltados à educação de todos os cidadãos aumenta o êxito escolar na formação obrigatória e permite o acesso à formação ao longo da vida.

Croácia
Croatian Makers
Para diminuir as diferenças entre alunos de diferentes classes sociais na Croácia e proporcionar o acesso de todos a tecnologias educacionais, o Institute for Youth Development and Innovativity criou o projeto Croatian Makers. Além de promover oficinas desde 2015, o time doou mais de 1800 robôs a 360 escolas do país para que consigam competir em eventos de robótica e programação.

Nigéria
Worldreader
Para melhorar a leitura e escrita dos estudantes por meio de livros digitais, o projeto oferece leitores de livros eletrônicos a escolas e comunidades com baixo nível socioeconômico da África. A organização vende ainda kits de dispositivos para outras ONGs.

Islândia
Box Island
A Radiant Games é uma empresa de tecnologia educacional com sedes na Islândia e no Vale do Silício (EUA) responsável pelo desenvolvimento do jogo Box Island, que leva as crianças a uma ilha para cumprir missões em uma ilha enquanto aprendem conceitos de programação. Isso inclui pensamento algorítmico, sequenciamento, reconhecimento de padrões, repetições, condicionais e verificação de erros.

Brasil
Projeto âncora
Localizada em Cotia, na região metropolitana de São Paulo, a escola tem o objetivo de incentivar a autonomia dos estudantes e dos educadores. Em um espaço amplo e variado, que inclui pistas de skate, área ao ar livre e até uma lona de circo, eles podem escolher os temas que desejam estudar e são orientados por tutores.

Suíça
Ecole Technique - Ecole des Métiers de Lausanne
Instituição pública que forma homens e mulheres em tempo integral, durante quatro anos. Como diferencial, o aprendiz passa a maior parte do tempo na empresa,. A formação é baseada em três eixos: cursos teóricos, prática nas oficinas da escola e, finalmente, cursos empresariais.

Costa Rica
Centro de Educación Salesiana Don Bosco
Localizada na comunidade que foi construído com o apoio do Estado, da iniciativa privada e dos pais.

Sérvia
Milance
O portal conta com uma plataforma de e-learning, baseada no software “Moodle”, que oferece informações básicas sobre diversos assuntos e abrange habilidades de linguagem, matemática e ciências em vários formatos de áudio e vídeo.

Alemanha
Geschwister Scholl Gymnasiums Pulheim
A escola desenvolve um trabalho de inclusão de crianças com deficiência e refugiados, com foco em excelência e competências para o século 21.

México
Sports for Sharing
O programa usa o poder do jogo e do esporte para acionar a cidadania ativa de crianças de 6 a 15 anos que lideram projetos voltados para o desenvolvimento local.

Coreia do Sul
Ewoo
Com a pretensão inicial de oferecer um ensino centrado no aluno, em 2006 a escola teve contato com o conceito de comunidade de aprendizagem e começou a organizar workshops para professores. O movimento para inovação que teve início com educadores da Ewoo hoje está presente em outras 100 escolas.

Suécia
Telefonplan School
Localizada na Suécia, a escola tem um projeto arquitetônico inovador. Com poucas paredes e salas, os alunos circulam por diferentes espaços que incentivam a criatividade. A aprendizagem acontecem por meio de projetos, que surgem conforme o interesse dos estudantes.

Bélgica
19 Coding School
Versão local da escola de tecnologia 42, de Paris, que fica na capital Bruxelas. Assim como na escola parisiense, a 19 oferece ensino de programação autodirigido, 100% gratuito, sem aulas e sem professores, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Após um teste, os alunos são convidados a participar de imersão na sede que fica em um castelo.

Inglaterra
Studio Schools
A rede de escolas mescla aulas expositivas com métodos de aprendizagem baseada em projetos e coaching. Além disso, ela também faz parcerias com empresas locais para que alunos possam desenvolver trabalhos baseados na vida real e fazerem estágios.

Tunísia
SKILL'Z
Em 2014, a cientista da computação Wissem Bellegha buscava ferramentas e métodos que ensinassem programação para sua filha de 7 anos. Após pesquisar na internet, ela se deparou com um curso online oferecido pela Universidade de Londres. A ideia virou um negócio quando lançou a startup SKILL'Z, que leva oficinas de programação e cursos de férias para centenas de crianças do subúrbio da capital Tunis.

Panamá
Capta
O programa funciona como um treinamento pessoal e profissional para mulheres que vivem na pobreza. Além de aumentar seus níveis de autoestima e confiança, ele oferece um curso de certificação para atuar na indústria hoteleira.

Polônia
No Bell School
Localizada na cidade de Konstancin-Jeziorna, a escola polonesa privada aposta em dar voz ao estudante para ele aprender de forma autônoma e conquistar seus objetivos.

Colômbia
Colégio Fontán
No município de Chía, na Colômbia, a escola atende a 260 alunos e possui um modelo de ensino personalizado, sem séries, provas e notas. Por lá, os alunos se organizam de forma independente por meio de uma rotina de estudos que estimula a autonomia de cada um.

Japão
Oki-Dozen High School
Em uma ilha remota, com envelhecimento da população e baixa taxa de nascimentos teve o número de matrículas reduzido. Em 2008, a escola corria o risco de fechar as portas, mas a direção começou a trabalhar com a comunidade e criou um programa de intercâmbio para atrair estudantes de outras partes do país.

Senegal
Jiggen Tech
Oferece a mulheres e meninas habilidades em tecnologia e liderança. Além de ministrar cursos em escolas, o grupo promove competições para o desenvolvimento de aplicativos móveis. Em parceria com a Unesco, realiza caravanas que reúnem engenheiras, desenvolvedoras de plataformas, advogadas e sociólogas para conscientizar e educar as meninas sobre o uso de tecnologia.

 FONTE: Porvir

Informações de contato

(62) 3287-5508

Rua 1º de março, Nº.222, Qd.2 Lt.13 - Vila Luciana - Goiânia - GO, CEP: 74373-060 Como chegar

Contato rápido

Loading Enviando...
Atendimento Comercial (WhatsApp)